• Cabeçalho Criança e adolescente

CAOP Informa

09/03/2020

ESTATÍSTICAS - Estupro bate recorde e maioria das vítimas são meninas de até 13 anos

Anuário de Segurança Pública aponta aumenta de feminicídio.

ESTATÍSTICAS - Estupro bate recorde e maioria das vítimas são meninas de até 13 anos

Homicídios caem no Brasil em 2018, mas violência contra a mulher cresce.
(Foto: Marcos Santos/USP)

Veja também:

•   Anuário FBSP 2019
•   Infográficos
•   Publicações
•   Notícias relacionadas
•   Links referenciais

O 13ª Anuário Brasileiro de Segurança Pública, divulgado em setembro do ano passado, registrou recorde da violência sexual. Foram 66 mil vítimas de estupro no Brasil em 2018, maior índice desde que o estudo começou a ser feito em 2007. 

A maioria das vítimas (53,8%) foram meninas de até 13 anos. Conforme a estatística, apurada em microdados das secretarias de Segurança Pública de todos os estados e do Distrito Federal, quatro meninas até essa idade são estupradas por hora no país. Ocorrem em média 180 estupros por dia no Brasil, 4,1% acima do verificado em 2017 pelo anuário.

De acordo com a pesquisadora do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, Cristina Neme, "o perfil do agressor é de uma pessoa muito próxima da vítima, muitas vezes seu familiar", como pai, avô e padrasto conforme identificado em outras edições do anuário. O fórum é o órgão responsável pela  publicação do anuário.

Para a pesquisadora, a reincidência do perfil indica que "tem algo estrutural nesse fenômeno". Ela avalia que a mudança de comportamento dependerá de campanhas de educação sexual e que o dano exige mais assistência e atendimento integral a vítimas e famílias.

De cada dez estupros, oito ocorrem contra meninas e mulheres e dois contra meninos e homens. A maioria das mulheres violadas (50,9%) são negras.

Feminicídio

Além do crescimento da violência sexual, o anuário contabiliza alta dos homicídios contra mulheres em razão de gênero, o chamado feminicídio descrito no Código Penal, após alteração feita pela Lei nº 13.104.

Em 2018, 1.206 mulheres foram vítimas de feminicídio, alta de 4% em relação ao ano anterior. De cada dez mulheres mortas seis eram negras. A faixa etária das vítimas é mais diluída, 28,2% tem entre 20 e 29 anos, 29,8% entre 30 e 39 anos. E 18,5% entre 40 e 49 anos. Nove em cada dez assassinos de mulheres são companheiros ou ex-companheiros.

Agência Brasil - Publicado em 10/09/2019 - 21:17
Por Gilberto Costa – Repórter da Agência Brasil - Brasília

[Fonte: UOL - Notícias - 10/09/2019]

 

 

13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública

Tipo de publicação:   Anuário Brasileiro de Segurança Pública
Ano da publicação:   2019

Concebido com o objetivo de suprir a falta de conhecimento consolidado, sistematizada e confiável no campo, o Anuário Brasileiro de Segurança Pública compila e analisa dados de registros policiais sobre criminalidade, informações sobre o sistema prisional e gastos com segurança pública, entre outros recortes introduzidos a cada edição.

Publicação cadastrada em: 5 de março de 2020
(Produção de informação - FBSP)

[Fonte: FBSP - Fórum Brasileiro de Segurança Pública]

 

 

Infográficos

Segurança Pública em Números (FBSP - 2019) - pág 1

Segurança Pública em Números (FBSP - 2019) - pág 2

 

- Download PDF -

Anuário Brasileiro de Segurança Pública - 2019
Compila e analisa dados de registros policiais sobre criminalidade, informações sobre o sistema prisional e gastos com segurança pública, entre outros recortes introduzidos a cada edição.   (Retificado em 21/10/2019)
Realização:   FBSP
Publicações:   FBSP   •   IHA   •   Mapa da Violência
Download:         [ opção 1 ]         [ opção 2 ]         [ opção 3 ]                         [ Infográficos ]         [ Dados Excel ]
(formato PDF - tamanho 3,88MB - 218 págs - ano 13 - 2019)

- Download PDF -

Atlas da Violência 2019
Os dados divulgados referem-se ao período de 2007 a 2017, considerando as informações mais recentes tabuladas pelo Sistema de Informações sobre Mortalidade (SIM) e divulgadas no site do Departamento de Informática do SUS - DATASUS.
Realização:   IPEA   •   FBSP
Download:         [ opção 1 ]         [ opção 2 ]         [ opção 3 ]                 [ Infográfico ]
(formato PDF - tamanho 2,34MB - 116 págs - 2019)

- Download PDF -

Visível e Invisível: A vitimização de mulheres no Brasil
(Tipo de publicação: Infográfico de divulgação, Relatório de pesquisa, Survey/Pesquisa de opinião)
A pesquisa procura levantar informações sobre a percepção da violência contra a mulher e sobre a vitimização sofrida segundo os tipos de agressão, o perfil da vítima e as atitudes tomadas frente à violência.
Realização:   Fórum Brasileiro de Segurança Pública   •   Datafolha Instituto de Pesquisa
Download:         [ opção 1 ]         [ opção 2 ]                         [ Infográfico ]
(formato PDF - tamanho 1,93MB - 50 págs - 2ª edição - FBSP - 2019)

 

Matérias relacionadas:   (links internos)
»   Atendimento as Vítimas
»   Combate à Violência
»   Disque 100
»   Estatísticas
»   Out of the Shadows Index - 2019   (Pesquisa Fora das Sombras)
»   Plano Nacional de Enfrentamento da Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes
»   Publicações:   Atendimento às vítimas de violência
»   Publicações:   FBSP - Fórum Brasileiro de Segurança Pública
»   Publicações:   IHA - Índice de Homicídios na Adolescência
»   Publicações:   Instituto Sedes Sapientiae
»   Publicações:   Mapa da Violência

Notícias relacionadas:   (links internos)
»   (05/03/2020)   VIOLÊNCIA SEXUAL - São Paulo tem um caso de estupro de vulnerável por hora
»   (05/03/2020)   ESTATÍSTICAS - Três crianças ou adolescentes são abusadas sexualmente no Brasil a cada hora
»   (12/11/2019)   ESTATÍSTICAS - Por dia, seis notificações de violência sexual contra crianças são registradas no Paraná
»   (30/09/2019)   COMBATE À VIOLÊNCIA - Estudo internacional destaca as abordagens recomendáveis
»   (08/08/2019)   LEI 13.431 - passo-a-passo após a denúncia de violência sexual contra a criança e o adolescente
»   (08/08/2019)   COMBATE À VIOLÊNCIA - Liga do Boqueirão apresenta Plano Regional de Enfrentamento
»   (02/08/2019)   ATENDIMENTO ÀS VÍTIMAS - Conselho da Defensoria regulamenta atendimento de crianças
»   (07/06/2019)   PUBLICAÇÃO - Divulgado o Atlas da Violência 2019
»   (04/06/2019)   ESTATÍSTICAS - Novo CADÊ Paraná traduz a infância e adolescência do Paraná em números
»   (22/02/2019)   OFÍCIO CIRCULAR - Pacto pela Infância

Notícias citadas:   (links externos)
»   Com pena mais dura, feminicídio é subnotificado em delegacias pelo Brasil
»   Estuprada, ela implorou por aborto em São Paulo: "Vontade de me matar"
»   Estupro bate recorde e maioria das vítimas são meninas de até 13 anos
»   Importunação sexual vira crime no Brasil
»   Machismo: o que você precisa saber
»   Mas afinal, o que é ou não estupro? Entenda as formas da violência sexual
»   Nem todo abusador infantil é pedófilo, diz especialista em violência sexual
»   Pedofilia: como a escola pode proteger seu filho da violência sexual?
»   Verba para combate à violência contra a mulher diminui 67% em três anos

Download:   (arquivos PDF)
»   13º Anuário Brasileiro de Segurança Pública (2019)
»   Abuso sexual de crianças e adolescentes: trama, drama e trauma (Vicente de Paula Faleiros)
»   Compromissos pela Infância e Adolescência do Paraná (Fórum DCA-PR)
»   Guia para Atendimento de Crianças e Adolescentes Vítimas de Violência (Instituto Sedes Sapientiae)

Referências:   (links externos)
»   Agência Patrícia Galvão
»   Childhood Brasil
»   Fórum de Segurança Pública
»   Instituto Sedes Sapientiae
»   Universa - Canal UOL

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem