• Cabeçalho Criança e adolescente

Criança e Adolescente

22/10/2012

TJPR lança material de apoio para formação continuada dos Juízos da Infância e da Juventude

"Enquanto houver uma criança no Paraná em situação de risco, vítima de violência ou em um abrigo, não vamos descansar". Essa foi a declaração enfatizada pelo presidente do Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude, desembargador Fernando Wolff Bodziak, na solenidade de lançamento do material de apoio elaborado pela equipe multiprofissional do CONSIJ e da CIJ, destinado ao programa de formação continuada dos Juízos da Infância e da Juventude do Paraná.

O material consiste em três cartilhas temáticas, relativas à socioeducação, ao risco e à violência, e à convivência familiar e comunitária, além do DVD "Adoção - Um Ato de Amor".

  

Este material representa o esforço do Tribunal de Justiça em disponibilizar aos profissionais das equipes técnicas de todos os Juízos do Paraná, bem como aos magistrados atuantes na área, elementos para a melhor prestação dos serviços afetos à seara da Infância e da Juventude, à luz das recentes atualizações legislativas e em observância ao necessário alinhamento metodológico.

Desembargador Fernando Wolff Bodziak, presidente do CONSIJ

  

O vídeo, destinado aos cursos preparatórios à adoção, foi desenvolvido e realizado pelo CONSIJ e pela CIJ com patrocínio da Associação dos Magistrados do Paraná (Amapar), contando com o apoio da Escola da Magistratura do estado.

O desembargador Fernando Bodziak explicou que o material foi elaborado com o objetivo de aprimorar os conhecimentos dos profissionais que trabalham com o processo de adoção. "O CONSIJ tem trabalhado visando à redução do tempo de permanência das crianças nos abrigos. Para isso, é fundamental que o conhecimento dos que trabalham na área seja aperfeiçoado", destacou o desembargador, que evidenciou o trabalho do juiz dirigente da Coordenadoria da Infância e da Juventude do Paraná (CIJ-PR), Fábio Ribeiro Brandão, na produção do DVD e das cartilhas.

O presidente da Amapar, Fernando Swain Ganem, afirmou que a produção do material além de valorizar a magistratura, contribui para a melhoria da sociedade. "É uma satisfação para a Amapar apoiar esse projeto. Em nome de todos os magistrados parabenizo a todos organizadores".

Por sua vez, o corregedor - geral da Justiça, desembargador Noeval de Quadros, ressaltou os grandes avanços do Tribunal, em prol das melhorias na área da Infância e Juventude. "Fico muito feliz pela oportunidade de ver tantas pessoas reunidas pela causa da Infância e da Juventude", frisou o corregedor.

Representando o Ministério Público, o procurador-geral do MP do Paraná, Gilberto Giacoia, asseverou que um projeto voltado à população infanto-juvenil terá o total apoio do MP. "A presença do Ministério Público do Paraná, nesta solenidade, demonstra nosso respeito institucional ao Judiciário do Paraná e a adesão a todos esses projetos".

Encerrando a cerimônia, o presidente Miguel Kfouri Neto, reforçou o apoio da cúpula diretiva do TJ a todos os projetos afeitos à seara da Infância e Juventude. Além disso, o desembargador relembrou a contratação de 75 profissionais para o setor e a inauguração do novo Fórum da Família, da Criança e do Adolescente em Curitiba, "um espaço com instalações condignas e confortáveis para o aprimoramento da prestação jurisdicional", afirmou. Em relação ao evento o presidente concluiu: "A todos que participaram desse projeto meus mais entusiásticos parabéns, dentro desse espírito de colaboração mútua podemos trazer grandes avanços para o Judiciário".

Também presentes à solenidade o 1ª vice-presidente, desembargador Onésimo Mendonça de Anunciação; o 2ª vice-presidente, desembargador Ivan Bortoleto; o gestor do Processo de Instalação e Estatização do TJ, desembargador Guilherme Luiz Gomes; além dos desembargadores, Clayton Coutinho de Camargo, Paulo Roberto Vasconcelos, Joeci Machado Camargo, Eugênio Achille Grandinetti, entre outros magistrados e servidores.

Iniciativas - Além do material que será lançado, o CONSIJ e a CIJ promoverão, no mês de novembro, encontros com as equipes técnicas de todo o estado, em cursos com duração de três dias - carga de oito horas diárias -, previstos para sete polos regionais (Curitiba, Londrina, Maringá, Umuarama, Jacarezinho, Cascavel e Guarapuava). Outras iniciativas, envolvendo magistrados da Infância e da Juventude (encontros e entrega de cartilhas), também estão previstas para o ano de 2012.

 

- Download PDF -

Adoção
Cartilha: Convivência Familiar e Comunitária - Adoção
TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná
(material de apoio elaborado pela equipe multiprofissional do CONSIJ e da CIJ)
(formato PDF - tamnho 30,2MB - 77págs - 2012)
 
[Fonte: TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná]

- Download PDF -

Risco e Violência
Cartilha: Risco, Violência e Acolhimento de Crianças e Adolescentes no ECA
TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná
(material de apoio elaborado pela equipe multiprofissional do CONSIJ e da CIJ)
(formato PDF - tamnho 21,3MB - 73págs - 2012)
 
[Fonte: TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná]

- Download PDF -

Socioeducação
Cartilha: Socioeducação - Adolescentes em Conflito com a Lei
TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná
(material de apoio elaborado pela equipe multiprofissional do CONSIJ e da CIJ)
(formato PDF - tamnho 31,7MB - 78págs - 2012)
 
[Fonte: TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná]

O SISTEMA DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE DO PARANÁ:

•   Câmaras especializadas em matéria da Infância e da Juventude

•   CEJA - Comissão Estadual Judiciária de Adoção

•   CIJ - Coordenadoria da Infância e da Juventude

•   CONSIJ - Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude

•   Juízos da Infância e da Juventude das comarcas de entrância inicial, intermediária e final

•   SAI - Serviço Auxiliar da Infância e da Juventude

 

Matérias relacionadas: (links internos)
»  Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes
»  Convivência Familiar e Comunitária
»  Publicações - Livros, Manuais e Cartilhas
»  Política Socioeducativa

  

Referências: (links externos)
»  Amapar - Associação dos Magistrados do Paraná
»  CIJ-PR - Coordenadoria da Infância e da Juventude do Paraná
»  CONSIJ-PR - Conselho de Supervisão dos Juízos da Infância e da Juventude
»  TJ-PR - Tribunal de Justiça do Estado do Paraná

  

  

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem