• Cabeçalho Criança e adolescente

Projeto Confiar

 

Um projeto dedicado à proteção da criança e do adolescente possível vítima de abuso sexual

Projeto Confiar

O Projeto Confiar trata-se de uma ação que visa realizar uma escuta psicológica humanizada para crianças e adolescentes possíveis vítimas de abuso sexual, garantindo a integridade psicológica das possíveis vítimas.

Em casos de abuso sexual entrevistas forenses qualificadas são importantes para garantir a integridade das vítimas e a convicção sobre os perpetradores. Uma das formas de promover e manter a integridade das supostas vítimas é lhe oferecer um ambiente acolhedor e uma atmosfera especialmente criada para que ela possa sentir-se segura durante a entrevista.

O Projeto Confiar é resultado de amplas pesquisas e discussões acerca das questões que envolvem o abuso sexual em crianças e adolescentes, assim como suas consequências. Uma vez que os danos em casos de abuso sexual já estão consolidados, e em muitos casos é irreversível, este projeto busca "respeitar e proteger" o sofrimento da suposta vítima, evitando que ela precise passar por repetitivos momentos de entrevista, ou ainda ser entrevistada por pessoa despreparada para conduzir uma conversa desta espécie.

O Projeto Confiar tem sua construção pautada no Código de Ética Profissional do Psicólogo, que traz como princípios fundamentais o respeito, liberdade, dignidade, igualdade e integridade da pessoa. O momento da escuta é realizado somente pelo profissional da Psicologia, em uma sala com total isolamento acústico, tendo como diferencial a não utilização de nenhum tipo de equipamento de gravação ou filmagem, sem contato e/ou interferência de terceiros.

É consenso no Poder Judiciário e junto aos profissionais da Psicologia que uma criança ou adolescente também deve ser ouvido em casos de indícios de que ele/ela esteja sofrendo abusos sexuais, mas nem sempre é assente a forma como essa suposta vítima será ouvida. Assim, o Projeto Confiar atua respeitando importantes considerações: estabelecimento de rapport, número de escutas, tempo de cada escuta, produção de qualificada de documentos, espaço físico acolhedor, capacitação constante da equipe de entrevistadores, tipo de protocolo de entrevista, idade da suposta vítima, nível cultural e intelectual da suposta vítima.

O Projeto Confiar procura proteger a suposta vítima do constrangimento da situação da entrevista, inquirição ou audiência judicial, uma vez que na maioria dos casos a vítima sente-se assustada, não sentindo segurança para relatar o evento, o que para o Poder Judiciário implica em uma prova inconsistente. Dessa forma, estas iniciativas tornam o Confiar diferenciado do que hoje se pratica, um projeto dedicado à proteção da criança e do adolescente possível vítima de abuso sexual.

União da Vitória - PR

[Fonte: Projeto Confiar - Sobre o Projeto]

 

Matérias relacionadas:   (links internos)
»   Campanhas & Programas
»   Combate à Violência
»   Depoimento Especial
»   Publicações: Depoimento Especial

Notícias relacionadas:   (links internos)
»   (05/12/2016)   EVENTO - Produção de provas sem a revitimização de crianças e adolescentes
»   (21/11/2016)   VÍDEO - Seminário no MPPR apresenta experiências de escuta de crianças
»   (17/11/2016)   EVENTO - MPPR apresentará experiências de escuta de crianças e adolescentes
»   (09/11/2016)   EVENTO - Experiências paranaenses de escuta de crianças

Download:   (arquivos PDF)
»   Apresentação do Projeto Confiar   (União da Vitória-PR)
»   Projeto Confiar - em Rede   (União da Vitória-PR)

Referências:   (links externos)
»   MPPR - Ministério Público do Estado do Paraná
»   Projeto Confiar   (União da Vitória e Região)

 

 

Recomendar esta página via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem